Para filosofar

"... a filosofia aspira à verdade total, que o mundo não quer. [...]. A filosofia busca a verdade nas múltiplas significações do ser verdadeiro segundo os modos do abrangente. Busca, mas não possui o significado e substância da verdade única." (Karl Jaspers)

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Palestra Ética e cidadania

     A ex-aluna da EE. Oscar Antônio da Costa, Bruna dos Santos, agora bacharel de Direito e aprovada pela OAB, ministrou entre os alunos da 2A, uma palestra sobre Ética e Cidadania, como todo ano é costume do projeto Filosofia em ação convidar.
Bruna Santos, em palestra com os alunos da 2A da
EE. Oscar Antônio da Costa, S. Francisco. Maio, 2017.

Turma 2A, EE Oscar Antônio da Costa, durante apresentação
de slides sobre Ética e cidadania. Maio, 2017.
     A palestra foi um complemento aos conteúdos estudados no primeiro bimestre sobre Introdução à Ética e Autonomia, relacionando com imperativos categóricos conforme Kant.
   
     Os estudantes fizeram anotações e algumas perguntas para a palestrante, que de modo bem didático, explanou a importância de uma conduta cidadã consciente e coerente para o bom convívio social.


     Agradeço a ex-aluna Bruna pela disponibilidade e desejamos sucesso em sua nova etapa de vida.

domingo, 4 de junho de 2017

O feminino na Filosofia

     A curiosidade de algumas alunas em saber se existe filósofas fez a classe investigar alguns nomes de pensadoras que mudaram o rumo da Filosofia, no século XX.
     Cada grupo de alunos da primeira série do ensino médio, tanto das escolas estaduais Orestes Ferreira de Toledo, como da Oscar Antônio da Costa, pertencentes ao Diretoria de Jales-SP, pesquisou algumas biografias como Rosa de Luxemburgo, Simone de Beauvoir, Hannah Arendt, já falecidas, no século passado. Judith Butler ainda viva, e, também, as brasileiras Marilena Chauí, Márcia Tiburi, Olgária Matos, Renata Aspis, Viviane Mosé permitiram dar uma noção aos temas e conceitos novos surgidos no mundo intelectual e que têm sido aplicados à práticas sociais.
Cartaz sobre Rosa Luxemburgo. Maio, 2017.

Cartaz sobre a filósofa francesa Beauvoir,
Maio 2017.



Cartaz sobre a filosofa brasileira
Marilena Chauí, professora da USP,
Maio de 2017.

















Cartaz sobre filósofa da USP,
Olgária Matos.















 O feminismo na Filosofia fez surgir o movimento feminista no século passado e, ainda tem refletido sobre a questão de gênero no mundo contemporâneo como teses de várias pensadoras que, ainda hoje, despertam e alertam sobre o papel da mulher na arte, na política, na sociedade em geral.
     Que possamos conhecer mais as filósofas, valorizando suas teses que têm contribuído muito para o processo histórico em nossa cultura ocidental.

Cartaz sobre Judith Butler
Maio 2017

Cartaz sobre Viviane Mosé,
Maio 2017

Cartaz sobre a filósofa Renata Aspis,
Maio 2017.

Problemas metafísicos

     Sempre tem a primeira vez em que começamos algo desafiante. E foi no segundo bimestre deste ano letivo que as primeiras séries do Ensino médio das Unidades escolares, EE Orestes Ferreira de Toledo, em Palmeira d`Oeste e a EE. Oscar Antônio da Costa, em São Francisco, ao estudarem como pensar na essência das coisas, ou seja, pensar metafisicamente o que o ser é, qual a sua causa material, a sua causa formal, a sua causa eficiente e sua causa final, desenvolveram a capacidade de ler obras filosóficas e, assim, começar a entender o ato de filosofar.
Alunos apresentando a obra O desespero do eu,
de Kierkegaard, EE. Orestes F. de Toledo. Maio 2017
     Depois do exercício de se pensar nas causalidades do "eu mesmo", do "amor, do "estudo", surgiu a proposta, pelos alunos de se pensar no "medo" e em outras realidades presentes na vida humana.
     Daí, ler as outras filosóficas Fédon, Apologia de Sócrates, O banquete, escritos por Platão, obras de Schopenhauer, como Metafísica do amor, Do sofrimento do mundo e Da morte, além de Meditações, de Marco Aurélio são alguns exemplos do que foi apresentado em seminário pelos grupos e refletido em sala de aula como forma de se entender a experiência humana e os conceitos filosóficos (imortalidade, alma, morte, dor, sofrimento, amor, entre outros).

Alunas 1A EE Orestes F. de Toledo, apresentando
Fédon, de Platão. Maio, 2017.
       Incentivar a leitura de obras filosóficas é sempre um desafio, pois os adolescentes estão acostumados a lerem textos narrativos, metafóricos. No entanto, o contato com o livro filosófico, como os acima citados são interessantes, porque os mesmos passam a refletir problemas do mundo real escrito por jovens filósofos de época passadas, que se tornaram clássicos por abordarem temas da vida real.
Alunos 1B EE Orestes F. de Toledo,
apresentando Metafísica do amor, de
Schopenhauer. Maio, 2017


Alunas 1A em seminário, EE Oscar
Antônio da Costa, Maio 2017.








Alunos 1A, seminário da EE Oscar
Antônio da Costa. Maio, 2017.
     Aos alunos, parabéns pelo desafio, pelas leituras feitas e apresentadas de modo simples, buscando, assim, enriquecerem o vocabulário e refletirem sobre a vida do ser humano, que busca compreender suas angústias e atingir a felicidade.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

As escolas filosóficas do período moderno

Cartaz sobre Racionalismo da
EE Orestes Ferreira de Toledo. Março 2017.
     Após um ano de estudo sobre as investigações filosóficas no ano anterior do ensino médio, os jovens estudantes, agora na segunda série, um pouco mais maduros, iniciam as aulas do primeiro bimestre discutindo o Eu Racional, tendo como lema o "Penso, logo existo" de Descartes.
    Para isso, contextualizaram como o período moderno revolucionou a cultura ocidental e qual foi a investigação feita pelos pensadores.

Alunos 2A da EE Oscar A. da Costa
apresentando o Racionalismo. Março 2017
   Com o resgaste das preocupações clássicas no período moderno, os estudos sobre as escolas filosóficas são importantes para entender como o processo conceitual foi se dando ao longo da discussão do homem e do ato de conhecer. Assim, outros grupos apresentaram as escolas que se contrapuseram ao Racionalismo ou a intensificaram como o Empirismo, o Liberalismo, o Criticismo, o Idealismo, o Positivismo, bem como o Socialismo.
Grupo da 2A EE Oscar A. da Costa
apresentando uma escola filosófica.
Março 2017

Alunos da 2A EE Oscar A.da Costa
expondo sobre o Criticismo. Março 2017.

Dupla 2A apresentando o Idealismo,
na EE Oscar A. da Costa. Março 2017

O Iluminismo que foi apresentando pela
aluna Patrícia, 2A, EE Oscar A. da Costa
Março 2017.


                                             
                                                 Alunos da 2A expondo sobre o Liberalismo
                                                   na EE Oscar A. da Costa. Março 2017.
     Após exposições feitas, a sequência das situações de aprendizagem passaram a ter sentido e significado no processo ensino e aprendizagem, pois ficou entendido que todo conhecimento desenvolvido no período moderno e contemporâneo já havia sido iniciado no período clássico e que este ano, a segunda série vai percorrer quais os conceitos presentes em nossa vida cidadã que decorreram dos pensadores estudados.


     As turmas comprometidas estão de parabéns pelas habilidades escritora e oradora que tiveram que apresentar diante dos colegas atentos. Continuem assim, comprometidos com o aprendizado para serem os novos pensadores contemporâneos

Conhecendo a História da Filosofia

    O primeiro bimestre é sempre um desafio para quem entra no Ensino Médio. Disciplinas são desmembradas como as Ciências (no Ensino Fundamental) que se divide em Biologia, Física e Química; História e Geografia passam a ter mais duas companheiras específicas com a Filosofia e a Sociologia.
    Muitas vezes, o que não se entendia no ensino fundamental passa a ser compreendido no Ensino médio, porque a explicação é mais detalhada, como é o caso em Filosofia. As perguntas: "Por que existe tantas Ciências?" ou "Quem começou a estudar a natureza?" ou "Como surgiu o Conhecimento?" e por aí vai... à medida que a Filosofia vai se revelando para o jovem adolescente  passa a ter contato com alguns famosos, clássicos, da nossa cultura intelectual.
Alunos 1ªA EE Oscar A. da Costa
apresentando os pré-socráticos.
Março 2017

Alunos 1ªA da EE. Oscar A. da Costa
expondo sobre o Racionalismo.
Março 2017.











  Aos poucos os alunos da primeira série do Ensino Médio, passam a ter noção dos nossos antepassados que foram mestres em investigar as coisas, em buscar conhecer o porquê, a origem da natureza até chegar ao período contemporâneo, e entender que as tecnologias desenvolvidas são consequências de muito estudo.
Alunos da 1A da EE Oscar A. da Costa
apresentando uma escola da Filosofia.
Março 2017
 
Dupla de alunos da 1A da EE. Oscar A. da Costa
expondo sobre um dos pensadores.
Março 2017
     O desafio da Situação de aprendizagem 3 do volume 1 em Filosofia foi cada grupo identificar qual era os principais problemas da época que estavam sendo investigados e quais conceitos surgiram a partir daí. Na conclusão do trabalho, o grupo também tinha que dizer o que tudo isso tem a ver com nossa realidade atual?
    Como Filosofia não é passado, mas pensar nos problemas de época, cada escola filosófica trouxe uma inovação importante para nossa cultura ocidental. Por isso, conhecer a história da Filosofia foi a novidade para aqueles que estão iniciando a última etapa da educação básica.
Alunas da 1ºB da EE Orestes F. de Toledo
apresentando o início da Filosofia
Março 2017

Grupo de alunos da 1C da EE Orestes F. de Toledo
apresentando o cartaz sobre um período da Filosofia.
Março 2017











    
     Além da pesquisa feita pelos grupos de alunos, também foi desenvolvida a habilidade da oralidade
em que o jovem adolescente teve que saber se expressar diante da classe e dominar o conteúdo estudado. Assim, todos os envolvidos puderam participar e contribuir com o aprendizado em sala de aula. Parabéns a todos!

domingo, 26 de março de 2017

Elementos da natureza e os pré-socráticos

  
Maquete representando a tese de
Anaxímenes na EE Oscar A. da Costa
Março 2017.

     Neste primeiro bimestre, como de costume, no mês de março, os estudantes da terceira série do Ensino médio procuram entender como surgiu a Filosofia na Grécia Antiga, e o desafio, é representar a tese de cada pré-socrático em uma maquete demonstrando a evolução científica nos dias atuais.
     Os elementos primordiais (chamados de arché) foram objetos de estudo dos primeiros filósofos e, por isso, chamados de filósofos da natureza.



Maquete representando os átomos feita
pelos alunos 3A EE Oscar A. da Costa.
Março 2017.
     Graças as observações feitas, naquela época, a olho nu, o mundo foi sendo desvendado por conta da investigação. Enquanto as religiões tentavam transmitir a criação do mundo por meio de uma linguagem mítica, ou seja, simbólica, os primeiros filósofos buscavam dar uma resposta racional para os problemas que os inquietavam. Daí, surgiram as escolas: jônica, pitagórica, pluralista, atomista, como vemos na representação ao lado. 
Maquete representando a teoria de
Heráclito que afirmou ser o fogo o arché.
Março 2017

     A natureza (physis) sempre foi um mistério. Mas, de Tales de Mileto a Filolau de Crotona, Heráclito defende o devir, afirmando que "tudo é movimento, tudo se transforma, tudo flui..."
Até hoje a natureza está em mutação, mas seus elementos permanecem os mesmos. Só que naquela época não se sabia explicar com precisão os porquês.


Grupo de alunos da 3A da EE Oscar
Antônio da Costa representando os átomos
Março 2017
 
  
   Os alunos das terceiras séries sabendo da evolução científica procuraram mostrar a tese do pré-socrático e relacionar com as novas teorias, demonstrando, assim, seus conhecimentos adquiridos em Física, Química ou Matemática presente no currículo do ensino médio








    

Alunos 3A EE Oscar demonstrando tese
de Pitágoras. Março 2017.
Alguns pré-socráticos enxergavam apenas um único elemento, mas houve alguns que perceberam que havia mais de um, como o caso dos filósofos pluralistas, como Empédocles, que afirmou a vida da natureza ter quatro raízes como: a água, o ar, a terra e o fogo.
Alunos da 3A apresentando quatro elementos










     Tales, Anaximandro, Anaxímenes, Anaxágoras, Parmênides, Heráclito, Demócrito, Pitágoras, Filolau, Empédocles foram muito importantes para o estudo cosmológico do que chamamos hoje de Física. Mesmo com o preconceito de época, seu início foi árduo e radical para que hoje tenhamos estudiosos que contribuem com a busca da compreensão do mundo em que vivemos. Preservemos a vida, pois dependemos dela para tudo.


Apresentação sobre o arché AR, em
Anaxímenes. EE Oscar, Março 2017

Explicação sobre a rotação da Terra no
tempo de Pitágoras e hoje. Março 2017



domingo, 22 de janeiro de 2017

Carta cidadã e a participação política

     Em outubro de 2016 houve, nos municípios do Brasil, eleições para escolher o representante do Poder Executivo e os representantes do povo para o Poder Legislativo (vereadores), característica do regime democrático num Estado republicano.




     Embora haja muita desinformação, ainda, entre os brasileiros, da real função de cada Poder, muitos cidadãos votaram pela primeira vez entre os jovens de dezesseis a dezoito anos. Como o curso do Ensino Médio tem a finalidade de preparar os estudantes para sua plena cidadania todo fim de ano letivo, no quarto bimestre, os estudantes são, em Filosofia, incentivados a fazer a aula "Participação cidadã" acontecer.



Comissão de alunos da 1A EE Orestes Ferreira
de Toledo em frente ao prédio da Prefeitura
 de Palmeira d`Oeste-SP, Dez 2016
     Em novembro, após uma pesquisa entre os familiares e os moradores de seus bairros, cada aluno traz para a sala de aula as reais necessidades da comunidade que sejam interessantes levar ao conhecimento do prefeito, para que este tome uma atitude diante dos problemas apresentados.













      Depois de serem elencadas as situações em sala de aula, os alunos da primeira série da Unidade escolar EE Orestes Ferreira de Toledo, escreveram a carta cidadã para ser entregue ao prefeito, que deverá repassar para o futuro candidato que administrará, tomando ciência, assim, que  todo problema citado foi uma reivindicação da população de Palmeira d´Oeste-SP.






Comissão de alunos 1A com as cartas cidadãs
acompanhados pela Profa. Terezinha na Prefeitura
Municipal de Palmeira d´Oeste, dez 2016.
    
A comissão de alunos organizada pela 1a. série A foi até a Prefeitura Municipal acompanhada da professora de Filosofia, Terezinha, para entregar as cartas. Muito bem recebidos pela sua secretária e pelo prefeito em fim de gestão, o Sr. Luciano Angela Esparapani, além de seu vice, conhecido como "Dodô", prontamente responderam as questões colocadas nas mesmas. Algumas reivindicações já estão sendo encaminhadas, mas outras questões, foi explicado, depende de verbas e prioridades votadas pelo Poder Legislativo, na Câmara municipal.







Após entrega e leitura das cartas cidadãs, o prefeito parabenizou os estudantes, demonstrando seu papel no Executivo perante a comunidade de Palmeira d´Oeste e a importância da participação cidadã ali exercida que começou também na mesma Unidade escolar.











Prefeito Sr. Luciano Esparapani lendo as
cartas cidadã em seu gabinete junto com
os alunos que o observa. Dez 2016
     Com a consciência cidadã desenvolvida pelas situações de aprendizagem em Filosofia, também enriquecidas pela Sociologia, História e demais disciplinas o compromisso com o aprendizagem vai além da sala de aula.




    Fica aqui, neste novo ano que se inicia, nossos agradecimentos ao Sr. Luciano Esparapani e seu vice Dodô pelo tempo em receber a comissão de alunos da EE Orestes Ferreira de Toledo. Que a cidadania seja exercida por cada um de nós.
 
Comissão de alunos 1A da EE Orestes junto
com o prefeito Luciano e seu vice "Dodô"
Dez 2016




Translate